Sopa cremosa fit – ou não – de brócolis com abobrinha e salmão defumado (+ 2 vídeos)

Essa receita eu peguei do site de um supermercado daqui que eu adoro, o Albert Heijn. Lá tem milhões de receitinhas maravilhosas, como a da torta de alho-poró, que é um sucesso aqui no blog, e também a dessa sopa incrível, que agora vos apresento. :) E como toda receita holandesa, não poderia deixar de ser prática e super rápida de preparar. Mas essa ainda tem um toque opcional de requinte, que é o salmão defumado. E o “ou não” do título é porque você ainda pode colocar – ou não – creme de leite na receita.

Nesse friozinho que eu sei que está fazendo aí no Brasil, somado ao Dia dos Namorados que cai no domingo, acho essa sopa uma ótima opção para um jantarzinho especial, agradável, romântico, sem ter que ir disputar vaga nos restaurantes lotados e gastar horrores. Ok, o salmão defumado não é lá tão barato, mas também não é tão absurdo assim que não valha a pena comprar para uma noite festiva, no quentinho da sua sala, com a pessoa amada – ou  quem sabe até com várias pessoas amadas, se for um jantar com a família ou amigos. E olha… fica uma DELÍCIA. Ah, e segundo a minha mãe, digo, consultora de compras, é fácil de encontrar esse salmão nos supermercados daí, na parte dos frios.

Quando eu e o Jan fazemos essa sopinha, gostamos de comprar também uma baguete, um vinho gostoso, algumas pastinhas, queijinhos e ficamos horas à mesa, degustando cada delícia, primeiro a sopa, depois os petiscos e assim vai. É sempre muito gostoso. Principalmente no inverno. E eu sei que no momento aqui já é quase verão, mas como calhou de vir brócolis e uma abobrinha gigante no caixote de orgânicos dessa semana, não resisti e acabei fazendo a sopinha, mesmo nesse calor de 20 graus que está fazendo aqui. rsrs. Vamos à receita então!

Ingredientes

  • 2 brócolis pequenos ou 1 grande
  • 2 abobrinhas pequenas ou 1 grande
  • 1 cebola grande
  • 1 litro de caldo de legumes caseiro (ou 1 tabletinho de caldo de legumes ou de frango diluído em 1 litro de água)
  • 2 colheres de sopa de azeite de oliva
  • pimenta-do-reino a gosto
  • sal a gosto
  • 100 g de salmão defumado (opcional)
  • 1/3 de xícara de creme de leite (opcional)

20160609_134803 (2)

Ps. Vou colocar lá no final do post um vídeo que fiz para o Snapchat e dois links explicando como fazer o caldo de legumes caseiro. E mais um outro vídeo mostrando como eu fiz essa sopinha. Mas são só ilustrativos. A receita mesmo está aqui.

Modo de preparo

Lave a abobrinha e o brócolis e corte em pedaços menores. Não precisam ser muito pequenos, pois no final tudo será batido no mixer ou liquidificador. Pique a cebola também e refogue-a no azeite, em uma panela de sopa, só até que fique transparente. Acrescente então os outros vegetais, refogue por mais uns 3 minutos e acrescente o caldo de legumes. Depois que começar a ferver, deixe cozinhando por uns 10 a 15 minutos em fogo médio-baixo, até que tudo esteja bem macio ao espetar um garfo.

20160609_143743

Caso vá utilizar um liquidificador, espere esfriar um pouco e vá colocando com uma concha os legumes e o caldo para triturar, até que vire um creme homogêneo. Ou triture tudo com um mixer direto na panela. Coloque sal e pimenta-do-reino a gosto. Se você não quiser utilizar o creme de leite, nem o salmão, nesse momento sua sopinha já estará pronta e muito saudável! Com pouquíssima gordura e praticamente sem carboidrato, ela é perfeita para quem evita estes dois, mas gosta de muito sabor. Quando eu faço essa sopa para o dia-a-dia, eu a deixo exatamente assim. E já é maravilhosa. Mas quando é um dia especial e eu quero elevá-la a um outro nível, aí entram o creme de leite fresco e o salmão defumado. Sem-or. Não tem como explicar.

20160609_154149 (2)

Então… Depois de bater tudo com o mixer ou no liquidificador, você tem duas opções: pode colocar o creme de leite direto na panela ou pode deixar para colocar direto no prato/cumbuca na hora de servir. Colocar na panela é mais prático, mas direto no recipiente onde você vai comer eu acho mais bonito. Coloque um fiozinho e vá misturando com a colher. Essa segunda opção também é mais vantajosa porque, se você estiver utilizando o creme de leite normal (em vez do fresco) e sobrar sopa para o outro dia, corre o risco dela talhar quando você for esquentar de novo, caso tenha colocado o creme de leite direto na panela.

Quanto ao salmão, ele normalmente vem em bandejinhas, cortado em fatias finas. Eu gosto de cortar essas fatias em pedaços menores, colocar num pratinho à mesa e mergulhá-los na sopa ainda bem quente, assim que ela for servida. Ou colocá-los no fundo do prato e despejar a sopa por cima. Não gosto de colocar o salmão direto na panela porque ele meio que se perde lá dentro. E desta outra forma cada um se serve com a quantidade que achar melhor. Esse salmão na maioria das vezes é comido cru, em saladas, com melão, canapés e de várias outras formas, mas nesse caso da sopa, ele acaba “cozinhando” com o calor e fica com uma textura muito gostosa. É uma combinação perfeita.

20160609_154342

Caso tenha interesse em assistir a essa receita em vídeo, vou deixá-lo aqui embaixo. Lá também está tudo explicadinho. Só não espere um vídeo bonito, editado e super produzido, pois esse é apenas o arquivo que eu salvei dos vários pequenos vídeos (de 10 segundos cada e com a tela na vertical) que eu fiz para o Snapchat (diariodeprato) ontem, enquanto fazia a sopa. Além disso, no início desse vídeo tem um pequeno passeio por um supermercado daqui, com algumas curiosidades, mas caso queira ir direto à receita, pule para o minuto 1.38.

Sobre o caldo de legumes caseiro

Depois que eu descobri como é fácil fazer o meu próprio caldo e tê-lo sempre a mão para quando quiser preparar uma sopinha, não quero outra coisa da vida. Adeus tabletinhos industrializados cheios de sódio, gordura e aditivos químicos.

Da primeira vez que eu fiz, utilizei uma receita de um canal do Youtube que eu adoro, que é o Banquete. Lá ela fez a versão oficial do caldo, utilizando vegetais inteiros e frescos. Ficou muito bom, mas tive pena no final de jogar os ingredientes fora. E enquanto eu decidia o que fazer com eles e pegava dicas com pessoas queridas, eles acabaram estragando na geladeira e tive que descartar. Agora sei que até dá para aproveitá-los de algumas formas, mas depois que descobri essa outra versão do caldo que vou mostrar no vídeo abaixo, achei bem mais interessante, mais sustentável e mais gostosa também. Vou deixar aqui os dois links: o do Banquete (clique aqui), e o do blog La Cucinetta (clique aqui), que foi onde aprendi a fazer esta última versão do caldo e acabei adotando para a vida! O texto é maravilhoso, uma escrita muito gostosa de ler, e ela dá todas as dicas e informações necessárias para se fazer um caldo de legumes, utilizando as partes dos vegetais que a gente normalmente jogaria no lixo. Mas que vegetais podemos colocar? Que tipos de cascas e talos? Quais as proporções? Isso tudo está super bem detalhado neste post do La Cucinetta. A única diferença é que ela vai guardando as “sobrinhas” dos vegetais num pote na geladeira, até o dia de fazer o caldo, e eu prefiro guardar este pote no congelador e ir “abastecendo”.

Assim como o vídeo da sopa, caso tenha interesse, assista também ao vídeo com os snaps que eu fiz no dia em que preparei o caldo, pois lá está bem mais explicadinho.

Aqui vou colocar a lista do que tinha nos dois potes do congelador para fazer o caldo dessa vez:

  • 10 pontinhas de cebola
  • as folhas mais secas de 2 alhos-porós
  • 4 pontas de abobrinha
  • muitos talos de espinafre
  • muitos talos de acelga (“acelga” é o que o google traduz, mas eu acho que era bertalha)
  • uns 20 talos de salsinha
  • uns 10 talos de manjericão
  • cascas de 2 talos de brócolis (veja bem, não é o talo inteiro, porque o interior dele eu cozinho junto com o brócolis e como normalmente, é só a casca que fica ao redor dele)

E abaixo vou listar o que eu acrescentei de fresco a essas “sobrinhas”. São vegetais inteiros, que não estavam congelados, mas que são fundamentais (pelo menos um pouquinho de cada) para um caldo saboroso:

  • 4 dentes de alho grandes (meio amassados e partidos ao meio)
  • 2 cebolas pequenas (cada uma partida em 8)
  • 2 talos de salsão e suas folhas (cortados em pedaços de mais ou menos 3 cm)
  • 1 folha de louro
  • 1 cenoura pequena cortada em 4
  • tomilho seco

Coloquei tudo isso na panela, acrescentei 2 e 1/4 litros de água e cozinhei (sem deixar ferver!) em fogo baixo por uma hora. Isso rendeu exatamente 2 litros de caldo, que distribuí em 4 potinhos de 500 ml e coloquei no congelador.

20160530_175941_27503454571_o (2)

Beijos e espero que gostem!

Anúncios

9 comentários sobre “Sopa cremosa fit – ou não – de brócolis com abobrinha e salmão defumado (+ 2 vídeos)

  1. Laurita disse:

    Eu amo essa sopinha, já fiz duas vezes, vc sabe né? rs (sua receitinha)
    Mas fiz uma vez com o creme de leite (bem pouquinho) ficou super gostosa e na outra vez fiz sem o creme. A versão light eu gostei mais, fica muito deliciosa. E o meu complemento foi carne seca cortada em cubinhos refogadinhos no alho. Ficou muito bom também, lógico que nada como um salmão defumado. kkkk
    Beijinhos

    Curtir

    • diariodeprato disse:

      Verdade! Você foi a primeira a provar essa sopinha, antes mesmo de ela vir parar no blog. :)
      Puxa, e eu bem que queria que aqui tivesse carne seca para provar assim tb. Deve ficar tão maravilhosa quanto com o salmão! Beijos, dinda linda!

      Curtir

  2. Sônia disse:

    Oii! Quem podia imaginar hein Bia?!!? Vc ensinando fazer sopinhas e outras coisinhas gostosas!😍 Muito orgulhosa de vc!!! essa sopinha deve ficar muito boa mesmo! Vou pedir a sua dinda pra guardar uma quentinha pra mim da próxima vez que ela fizer! Bjsss.❤️

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s