Sopa creme de abóbora

Eu achava que não gostava de abóbora. Isso, até eu provar essa sopinha maravilhosa da minha madrinha há alguns anos, na casa dela. Minha vida mudou. :) Até então, eu também achava que não gostava de gengibre, mas olha… o sabor que ele dá a essa sopa não tem igual! Só mesmo provando para saber. E todo mundo merece provar dessa sopinha um dia. :)

Além de ser super fácil de preparar, com pouquíssimos ingredientes, ela fica pronta rapidinho e vai alegrar a sua noite num dia frio. Só não sei por que eu estou falando isso, se no Brasil já é quase verão… rsrs. Mas, na verdade, essa sopinha é atemporal. Vai bem em qualquer estação, faça calor ou frio. É nutritiva, alimenta bem e também pode ser vegana – só não colocar o bacon. E como agora estamos na estação das abóboras aqui no hemisfério norte, nada melhor que essa delícia para comemorar!

Ingredientes

  • 700 g de abóbora
  • 1 cebola grande
  • 3 dentes de alho
  • 2 cm de gengibre
  • 150 g de bacon
  • azeite
  • sal
  • pimenta-do-reino
  • opcional: 2 colheres de sopa de iogurte grego ou natural (sem açúcar)
  • cebolinha verde (também opcional)

Modo de preparo

Comece fritando o bacon picadinho em fogo médio-baixo, na panela em que for fazer a sopa, até que ele fique crocante. Reserve-o então num prato forrado com papel toalha. Se tiver ficado muita gordura na panela, retire o excesso e deixe apenas o suficiente para refogar os outros ingredientes. Pique o alho, a cebola e o gengibre. Reserve metade do alho e do gengibre picadinhos para um refogado final. Pique também a abóbora em pedaços médios.

Na mesma panela do bacon, refogue então o alho (metade) e, quando ele começar a dourar, acrescente a cebola, o gengibre (metade), uma pitada de sal, pimenta-do-reino e refogue mais um pouquinho. Coloque então a abóbora, misture e depois cubra com água até a altura das abóboras. Deixe ferver por aproximadamente 10 minutos, ou até que a abóbora fique macia, mas não desmanchando.

Para processar, eu utilizo um mixer daqueles de mão, direto na panela. Mas, caso não tenha, espere esfriar um pouco e bata no liquidificador (abóbora + líquido do cozimento) até virar um creme. Devolva então para a panela, acerte o sal, pimenta e mantenha a sopa aquecida enquanto faz o refogadinho final, que vai dar uma explosão extra de sabor ao creme.

Numa panelinha separada, refogue o restante do alho e do gengibre num fio de azeite até que dourem um pouco. Despeje então esse refogado na panela da sopa, misture bem e sirva em seguida com os pedacinhos de bacon por cima e cebolinha verde picada, caso queira. Uma colherada de iogurte grego já no prato também fica sensacional! O azedinho do iogurte contrasta com o doce da abóbora e o resultado não tem nem como explicar. Delicioso!

sopa-de-abbora_30647776326_o-3

Extras sobre a receita

  • Pode ser feita com qualquer tipo de abóbora, mas a que eu mais uso é a abóbora hokkaido. Essa não precisa ser descascada, mas se a casca for verde, a sopa também ficará esverdeada. Então, por mera questão estética, caso você queira a sua sopinha com aquela “cor de abóbora” maravilhosa, melhor tirar a casca. Mas, se não se importar com isso e quiser aproveitar todas as fibras e nutrientes que ela oferece, não tire! As daqui normalmente tem a casca laranja, então eu não tiro mais. Pena que só descobri isso da última vez que fiz.
  • Sempre fiz esta sopinha utilizando o meu caldo de vegetais caseiro (ensino a fazer aqui), que também uso em várias outras sopas e fica maravilhoso, em vez de fazer somente com água. No entanto, descobri que, para essa sopa, fazendo apenas com água, o sabor da abóbora e dos temperos ficam muito mais presentes e a sopa muito mais saborosa. Então, nesta receita, não usarei mais o caldo. E, como refogo tudo no fundo da panela sujo de bacon, isso já passa um gostinho extra para o creme. Acho que faz meio que o papel de um “caldo” de carne.
  • Em vez de bacon, carne seca também é uma ótima opção para acompanhar essa sopinha. Combinação perfeita com abóbora! Quando eu provei na casa da minha dinda foi com carne seca. Muito bom! Mas como aqui na Holanda não encontro para comprar, faço com bacon e também fica deliciosa.
  • Não usar carne nenhuma também é uma ótima opção, caso você seja vegetariano, vegano ou apenas queira uma sopinha mais leve.
  • Uma outra ideia que acabou de me ocorrer, mas que nunca testei, é salpicar por cima do prato, em vez de carne, uns pedacinhos de um queijo bem forte, como o feta ou o gorgonzola, na hora de servir. Ou então cubinhos bem pequenos e crocantes de quijo coalho frito!! Hummmm… Acho que esses queijos combinariam muito bem! Mas nesse caso, não para os veganos. Enfim, o importante é criar um contraste salgadinho para o adocicado da abóbora. Ou não. Hahaha. Essa sopa é deliciosa de qualquer jeito!

20150623_194855-5

Beijos e espero que gostem! :)

Anúncios

5 comentários sobre “Sopa creme de abóbora

  1. Laurita disse:

    Muito linda e com certeza saborosa.
    Essa abóbora que não precisa ser descascada, deve ser tudo de bom. kkkk
    E a opção dos queijos devem dar um acabamento final perfeito tb.
    Deu até vontade de saboreá-la.
    Arrasou!!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s